Rafael Soriano deixa o comando do Campos após três temporadas no cargo

Rafael Soriano deixa o comando do Campos após três temporadas no cargo

Fim de um casamento duradouro. Após três temporadas no comando técnico do Campos, Rafael Soriano se desligou do Roxinho. A decisão foi tomada após reu

Fim de um casamento duradouro. Após três temporadas no comando técnico do Campos, Rafael Soriano se desligou do Roxinho. A decisão foi tomada após reunião com os gestores do clube na noite desta terça-feira (21). O treinador vinha exercendo a função desde 2015 e foi um dos responsáveis por levar a equipe da Terceira para a Primeira Divisão do Campeonato Carioca com dois acessos consecutivos.

Técnico da nova geração do futebol do Rio, Soriano tem 31 anos. Ele assumiu a função no Campos em 2015, na disputa da Série C Estadual. Desde então, foram 51 jogos oficiais à beira do gramado, com dois acessos no currículo: primeiro ao superar os playoffs da Terceirona; já na Série B do ano passado, fechou com o vice-campeonato, abocanhando nova promoção.

Apesar do sucesso nas temporadas anteriores, 2017 acabou sendo decepcionante para Soriano e seus comandados, que viram o rebaixamento bater à porta logo no ano de estreia do Campos na Série A. Sem sucesso na seletiva, o clube do Norte Fluminense teve que participar do Grupo X, mas não conseguiu evitar a queda, que foi sacramentada na derrota por 4 a 1 para a Cabofriense.

O descenso do Campos, vale lembrar, é válido ainda para este ano, e o clube inclusive está incluído na tabela da Série B1 do Carioca, estreando em 13 de maio, contra o Serra Macaense. No entanto, a parceria com o Carapebus (clube do qual o Roxinho fazia uso dos registros na Federação) chegou ao fim e o Campos Atlético optou pela filiação própria, tendo que recomeçar na Série C, que é a Quarta Divisão do Rio. Resta saber se o Carapebus reassume seus compromissos na Segundona.

Share This:

COMMENTS

WORDPRESS: 0