Por unanimidade, TSE libera Garotinho para falar sobre o processo “Chequinho” e determina posse de vereadores afastados

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral concedeu Habeas Corpus ao ex-governador Anthony Garotinho para poder falar sobre o processo da operação “Chequinho” e determina a diplomação imediata dos vereadores Jorge Rangel, Linda Mara, Miguelito, Kelinho, Ozeias e Thiago Virgílio.

Matéria completa no Diário da Planície (aqui).

Ralfe Reis

Ralfe Reis

Começou a acompanhar os bastidores do poder na adolescência. Atuando na blogosfera desde 2010, cobriu os principais fatos políticos da Planície Goitacá. Gosta de música, massas e praia.

2 thoughts on “Por unanimidade, TSE libera Garotinho para falar sobre o processo “Chequinho” e determina posse de vereadores afastados

  1. Espero que o prefeito Rafael Dinis. Seja realmente cassado, já deu pra ele. Novas eleições já. Se ele não fez nada até agora, e nem vai fazer. Esse incompetente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *