MP opina pela improcedência da Aije de Rafael Diniz

O Ministério Público Eleitoral emitiu parecer pela improcedência de uma das Ações de Investigação Judicial Eleitoral que pede a cassação do prefeito Rafael Diniz (PPS). A ação apura se jornais favoreceram a candidatura de Diniz no pleito de 2016.

Segundo o MP, “os jornais se contiveram a informar objetivamente os fatos que ocorriam na cidade de Campos e não ultrapassaram os limites da imparcialidade (…) os eleitores não foram induzidos”, opinou a promotora Patrícia Monteiro Alves.

Outra ação que apura o uso de rádios em favor de Rafael Diniz permanece parada na zona eleitoral.

Ralfe Reis

Ralfe Reis

Começou a acompanhar os bastidores do poder na adolescência. Atuando na blogosfera desde 2010, cobriu os principais fatos políticos da Planície Goitacá. Gosta de música, massas e praia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *