Governo Rafael Diniz dispensa professores contratados e não realiza novo processo seletivo

A secretaria de Educação de Campos enviou um ofício às unidades escolares informando a dispensa dos professores contratados por processo seletivo.

No ofício, a diretora de Recursos Humanos, Jossana dos Santos informa que é inviável a postergação do prazo dos contratos.

De fato é improrrogável, uma vez que a lei diz que o contrato tem validade de um ano, prorrogável por mais um. O último processo seletivo ocorreu em 2015, ainda na gestão anterior.

Ficam duas perguntas: os professores dispensados vão receber as férias e o 13º salário que foi parcelado?

Alguma previsão de novo processo seletivo ou vai ser no esquema de indicações via vereadores? Só para lembrar, as aulas retornam no início de fevereiro.

5 thoughts on “Governo Rafael Diniz dispensa professores contratados e não realiza novo processo seletivo

  1. As pessoas tem de entender que o prefeito Rafael Dinis está dispensando os contratados não é porque ele quer. A situação está difícil para ele e pata a maioria dos prefeitos o nosso país está passando por um momento difícil. Parece – me que no momento o que é mais viável somos nós professores fazer Ret e assim estaremos ganhando e ajudando o prefeito que no momento está precisando da colaboração e compreensão de todos nós. Ilmo sh prefeito Boa sorte no seu governo e que todo o povo, funcionários, vereadores, professores etc…tenham a consciência de ajudar para que todos saiam ganhando.

  2. Elizabeth me desculpa, mas penso que alguns professores estão coniventes com as mentiras desse moço e caíram nas mesmas. Ele sempre gritava que o governo anterior não tinha dificuldades e nem crise. Que era incompetente. Agora tem crise? Tem falta de dinheiro? E ai você, que deve ter concordado com ele qdo falava inverdades defende que precisa ajudar a ele para sair da crise? E qdo em.2014/2015/2016 foi o auge da crise e a prefeitura perdeu 1 bilhão de reais no orçamento não era crise e vcs não se pronunciaram pedindo para ajudar ao governo sair daquele momento difícil. E todos recebiam em dia e tinham aumento além da inflação e vcs não reconheciam. Isso é injusto. Como você vai ensinar justiça e cidadania a seus alunos se você parece não ser imparcial aos fatos? Antes vcs cobravam o curso público. Agora nem processo seletivo querem. Sabe o que vai haver? Apadrinhamento político em alta escala. E agora tudo bem isso?
    Incoerência e hipocrisia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *