Após calote, previsão assombrosa para Diniz

O prefeito Rafael Diniz colocou o time de pupilos e assessores diretos pra sair em defesa do governo, já prevendo que perderá a briga judicial com a Caixa Econômica Federal após a tentativa de calote.

A inexperiência do atual grupo a frente do poder fez com que a prefeitura gastasse o dinheiro que não era mais dela, pois mesmo estando em litígio judicial é comum que se deposite o valor da ação em juízo, o que não foi feito pelo grupo juvenil a frente da gestão. O pagamento integral da parcela da antecipação dos royalties não iria fazer tanta diferença nos mais de R$ 700 milhões que entraram nos cofres da prefeitura nesses meses de governo Rafael Diniz.

Como disse o desembargador Marcelo Pereira da Silva, o contrato foi feito dentro da legalidade, agora cabe ao prefeito parar de usar o discurso de campanha e governar de verdade.

Entre os diversos DAS que defendem o calote de Rafael Diniz, o amigo de longas datas, assessor especial, conselheiro e futuro candidato a deputado, Cesar Tinoco, o Cesinha, também saiu em defesa do alcaide.

Alias, para não dizer que desejamos o “quanto pior melhor”, basta a equipe do prefeito ler o contrato, pois a saída está em uma das cláusulas do acordo entre CEF e prefeitura.

Ralfe Reis

Ralfe Reis

Começou a acompanhar os bastidores do poder na adolescência. Atuando na blogosfera desde 2010, cobriu os principais fatos políticos da Planície Goitacá. Gosta de música, massas e praia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *