Após denúncias, show de Marília Mendonça em Campos é transferido de local

Após denunciarmos o caso de improbidade administrativa por parte do homem de confiança de Rafael Diniz, a Multiplace, organizadora do espetáculo, em

Após denunciarmos o caso de improbidade administrativa por parte do homem de confiança de Rafael Diniz, a Multiplace, organizadora do espetáculo, emitiu uma “nota oficial” informando a mudança de local, uma vez que ficou nítida a participação do Superintendente de Eventos, Sr. Hélio Montezano, que além de ter sido a figura oculta contratante, também é o responsável pelo agendamento de eventos no CEPOP.

A nota levanta mais dúvidas do que esclarecimentos, e após analisarmos seu inteiro teor, iremos demonstrar sua fragilidade e desconexão com a verdade.

O empresário Márcio Ady Almeida Freitas Corrêa, proprietário da casa de shows MultiPlace Campos, vem por meio desta nota, esclarecer algumas inverídicas informações que vêm sendo veiculadas em alguns meios de comunicação e nas redes sociais de nossa cidade.
Inicialmente, aproveitamos a oportunidade para esclarecer que o show da cantora Marília Mendonça e da dupla Zé Neto e Cristiano, está confirmado para o dia 07/05/2017, e ocorrerá na Fundação Rural de Campos, para melhor atender o exigente público, já que naquele local há espaço coberto e suficiente para maior comodidade.

Conforme tínhamos denunciado, Hélio Montezano e alguns outros sócios ocultos, foram a Fundação Rural de Campos (FRC) a fim de reservar a data, haja vista que o CEPOP, administrado por Alemão, ficou inviável, pois concretizaria o caráter improbo desta relação.

Helinho, por ser o responsável das datas, jamais poderia agir como mercador de seus próprios interesses, pois conota concorrência desleal com demais empresários do ramo, uma vez que a reserva dos melhores dias para eventos dependem de sua caneta, o que por si só, já o impede de utilizar o espaço para suas ações empresariais.

Entretanto, temos em mãos documentos que comprovam que a data, 7 de maio, já estava reservada na FRC por outro empresário do ramo. Não divulgaremos este documento para não comprometer a fonte, porém, é um fato que pode ser atestado facilmente pelas autoridades competentes. Este outro empresário que reservou a data foi contactado por sócios ocultos da Multiplace, e após uma conversa, a data foi emprestada para o espetáculo da Marília Mendonça.

Vale esclarecer, que o empresário Márcio Ady Almeida Freitas Corrêa, firma frequentemente parceria de shows e eventos com vários produtores da nossa cidade, tais como: Dudu Azevedo, Pedro Ongarato, Nelsinho Bacellar, Sandro Moura, Claudinho Amaral, inclusive o Sr. Hélio Montezano, atuante no ramo de entretenimento há mais de 12(doze) anos como é de conhecimento geral neste município. Importante registrar, que neste evento específico, o Sr. Hélio Montezano citado alhures, não tem qualquer ingerência na produção ou organização.

Outra afirmação questionável do Sr. Márcio, uma vez que o empresário da artista confirmou, conforme o áudio apresentado por Diário da Planície, que o Sr. Hélio Montezano realizou todas as tratativas do evento, viajando a São Paulo, inclusive, para negociar a data.

Por fim, cumpre esclarecer também, que por questões de logística ainda não havia nenhum contrato firmado com o Centro de Eventos Populares Osório Peixoto – CEPOP, o que descortina as ilações maldosas e fantasiosas que foram divulgadas de forma irresponsável e inconsequente por alguns veículos de comunicação da cidade. Ainda que iá tivesse feito o contrato com o CEPOP, não haveria qualquer ilegalidade, uma vez que já foi feito por este empresário diversos eventos em outras oportunidades naquele espaço, ajudando o município em sua arrecadação, dando funcionabilidade* (neologismo da Multiplace) ao local, porém, por questões de cumprimento de prazos, o evento foi transferido para outro local.

Este ponto é o mais grave da nota, a Multiplace afirma que eles venderam ingressos sem contrato do espaço, e o empresário afirma não haver nenhum contrato firmado com a artista para essa data. Uma grande afronta ao Código de Defesa do Consumidor, uma vez que as vendas de ingresso estão a todo o vapor, ainda indicando o CEPOP como local de realização.

Não foi informado pela empresa se haverá a opção de devolução do valor do ingresso, uma vez que muitas pessoas só iriam comparecer ao show, justamente por ser no CEPOP, e a alteração do local fere mais uma vez o CDC.

Entramos em contato com a Prefeitura de Campos para sabermos se a municipalidade irá se posicionar sobre o tema, uma vez que foi amplamente divulgado que o show seria realizado dentro das dependências de um de seus equipamentos de cultura. Em nota, à prefeitura informou: “A própria empresa divulgou nota afirmando que “não tinha nenhum contrato firmado com a PMCG do aluguel do espaço”, o que pode ser reforçado também pela Prefeitura Municipal de Campos: “não há contrato algum firmado para realização de show no Cepop para o dia 7 de maio”.

Quanto ao munícipe que se sentir lesado por qualquer motivo, deve procurar, como de praxe, os seus direitos do serviço de Proteção ao Consumidor – Procon Campos.”, disse a assessoria de comunicação.

Leia também: BOMBA: Show da Marília Mendonça pode ser cancelado por suspeita de improbidade administrativa

Share This:

COMMENTS

WORDPRESS: 1
  • comment-avatar

    […] Hoje, o Diário da Planície divulgou a nota oficial da organizadora do evento informando a transferência do show para a Fundação Rural de Campos (aqui). […]